David Jill – BestRadio Brasil

david-jillA ideia de fazer um evento que reunisse o nosso meio (rádio na Internet) não veio por acaso. Essa plataforma de transmissão pela rede está crescendo cada vez mais e é necessário que haja profissionalismo e seriedade no trabalho. Vamos procurar debater e mostrar experiências de quem já está no mercado há um bom tempo e hoje é referência na Internet. Costumo dizer que rádio não é brinquedo. Nem na web.

Cyro Cesar – Rádio Oficina

cyro-cesarTive a oportunidade de acompanhar, desde o início, o processo de formação das primeiras rádios web no Brasil. Firmei uma parceria com a TVA em 2000 e lançamos a primeira rádio web brasileira com a linguagem do rádio FM na web. A Rádioficina Ajato, como a chamamos, foi lançada na FENASOFT 2000, evento do segmento de mídia e informática bastante prestigiado na época. Notei que o rádio na web despertou naquela época, a mesma magia que tinha o rádio convencional junto ao internauta. E observo que este carisma próprio do rádio, ainda sobrevive entre os ouvintes da web. O EWPBR 2014, vai discutir assuntos extremamente importantes para o meio. Há muito tempo o mercado ressente da necessidade de eventos como este. Precisamos discutir de onde viemos e para aonde vamos. Estarei presente e espero colaborar com o EWPBR 2014. Juntos vamos trocar conhecimentos e informações importantes para o meio. Até lá.

Marcio Zeppelini – Instituto Filantropia

marcio-zeppeliniUm evento inovador como esse demonstra, acima de tudo, que a comunicação mudou – e ainda mudará muito. Com a vinda da internet, velhas mídias como o bom e velho RÁDIO, se reinventam de forma digital. Com isso, a distribuição da informação e da música passam por uma revolução que precisa ainda de alguns alicerces. O EPW Brasil deve ser uma ótima oportunidade dessas mídias se profissionalizarem e alavancarem o futuro – agora presente – dos canais de comunicação

Edmilson Oliveira – radioenegocios.com (IN MEMORIAN)

edmilson-oliveiraNestes anos editando a revista radioenegocios.com, agora na edição 13 e também promovendo eventos sobre radiodifusão em todo o Brasil, pude constataruma grande lacuna sobre webradios e suas possibilidades como negócio.Falta conhecimento e informações que auxiliem no desenvolvimento profissional deste segmento, e mais ainda que estimule a discussão sobre os negócios e a sua profissionalização.Acredito que o EPWBR, em sua 1ª edição, pode ser um marco significativo e que pode avançar muito nesta direção.

Fernando Souza – RedCube

fernando-souzaO EWPBR marca um grande momento para o inicio de uma discussão séria e qualificada. Certamente será um divisor de aguas para o mercado de webradios. Após alguns anos de consolidação e constantes mudanças, atualmente temos um mundo cada vez mais multicanal, integrado em diversas mídias, veículos e canais, cada qual com suas estratégias de marketing, que no radio vão do spot até as branded rádios, reflexo de uma demanda cada vez maior por inovação, que nos leva ao debate: como ser lucrativo, maximizando o valor de marca?

Ricardo Fadul – Netradio Brasil / Rádio & Negócios

ricardo-fadulVivemos a nova era da comunicação, a democratização da informação e do conhecimento em nível jamais alcançado. Com isso a nova era do rádio também com a democratização da produção de conteúdo radiofônico, agora com possibilidades de customização incrivelmente inovadoras para o meio. Podemos afirmar que o seu alcance se torna infinito com relevância na sua difusão e segmentação de sua mensagem. O “cyberespaço” abriu novas janelas e portas para a comunicação. Este evento vem à tona, no melhor momento para debates sobre as transformações e novas possibilidades do meio radio. Uma forma de dividir, compartilhar experiências e conhecimentos com um cenário real das novas fronteiras que as webradios podem alcançar. Sem limites, sem censura ou concessões. Por isso merece muita responsabilidade no uso destas novas e maravilhosas ferramentas. É hora de apresentar o NOVO RÁDIO!!! Sejam todos muito bem vindos!!!