Segundo EPWBR é realizado em São Paulo e marca mais uma vez a história e o desenvolvimento do rádio na internet.

Segundo EPWBR é realizado em São Paulo e marca mais uma vez a história e o desenvolvimento do rádio na internet.

A internet veio para revolucionar o mundo da comunicação e além de ter se fixado entre os maiores e mais importantes meios de comunicação ainda continua a crescer em questões tecnológicas e acessibilidade. Divulgado este ano pela União Internacional de Telecomunicações (UIT), o Brasil já faz parte do grupo de 79 países onde mais de 50% da população têm acesso à rede mundial de computadores, são exatos 57,6% dos brasileiros conectados. Embora seja um excelente resultado, ainda temos que trabalhar muito neste avanço para chegar próximos a países como Noruega, Dinamarca e Islândia onde o número de pessoas conectadas ultrapassa os 90%, já em regiões extremamente urbanizadas, como em Macau, na China, a UIT verificou mais de três assinaturas móveis de banda larga por habitante.

Visto este potencial e as diversas possibilidades midiáticas que a internet proporciona, os meios de comunicação tradicionais precisam convergir e encontrar técnicas aprimoradas de linguagem e tecnologia para que possam fazer parte da rede em definitivo e oferecerem algo a mais do que já vem fazendo. O rádio está incluído neste processo e já está presente na rede, estando à frente da TV neste quesito por sua facilidade de adaptação.

Outros veículos de comunicações tradicionais como revista e jornal, estão presente na rede desde os primórdios da internet e se adaptaram primorosamente a ela, especialmente em linguagem e inovação. Já o rádio e a TV ainda estão engatinhando neste mar de dados binários e nenhum diferencial ainda foi apontado para eles neste universo. O que o rádio e a TV podem nos dar a mais nesta nova plataforma além do que eles já fazem há anos?

Tratando do rádio, eis o objetivo principal do Encontro de Profissionais de Web Rádios Brasileiras (EPWBR) que teve sua primeira edição nos dias 05 e 06 de julho de 2014 e a segunda em 05 de março de 2016, ambas realizadas em São Paulo. O papel deste importante evento é discutir e fomentar o pensamento para a inovação do veículo na internet.

Na ultima edição o evento contou com apoios importantes como o Tunein, uma empresa da Google e maior plataforma agregadora de rádios online do mundo, configurando em seu sistema rádios nativas de internet e rádios FMs que também passaram a transmitir via web. Seu representante no evento foi Felipe Cunha, Supervisor da América Latina. Ele falou sobre o tema “Tecnologia do rádio online no século XXI” destacando a importância da internet para evolução deste importante veículo que é o rádio. Hoje já estão disponíveis no mercado carros e até mesmo geladeiras conectadas a internet e que o aplicativo do Tunein já está presente nestas tecnologias levando milhares de rádios de todos os segmentos possível a uma imensidade de pessoas que buscam informação ou apenas entretenimento na companhia do bom e velho rádio.

Legenda - Felipe Cunha do Tunein recebe placa de homenagem do EPWBR do idealizador do evento Cleber Almeida
Legenda – Felipe Cunha do Tunein recebe placa de homenagem do EPWBR do idealizador do evento Cleber Almeida

A segunda edição do EPWBR também contou com o apoio do Kantar IBOPE Media, uma das maiores empresas de pesquisa de opinião da América Latina, sua representante foi a diretora executiva multimídia da empresa Melissa Vogel. Ela discursou sobre o consumo de conteúdo em áudio em diferentes plataformas digitais apresentando um panorama significante de quanto o universo do áudio online vem sendo promissor, considerando ainda seus formatos, estilos, meios de audição e interesses por algum tipo de conteúdo específico. Alguns dados interessantes mostraram como a audição de rádio vem crescendo e por quais meios elas mais ovem, sendo 50% em notebook, 36% em PC, 34% em Smartphones e 8% em tablets, além das formas de ouvir onde o site da emissora segue disparado com 41% seguido dos aplicativos para celulares com 39%.

Legenda - Melissa Vogel do Kantar IBOPE Media recebe placa de homenagem do EPWBR do idealizador do evento Cleber Almeida
Legenda – Melissa Vogel do Kantar IBOPE Media recebe placa de homenagem do EPWBR do idealizador do evento Cleber Almeida

Além destes apoiadores o evento contou ainda com marcas importantes como Instituto Filantropia, KsHost, BestRadio Brasil, Rádio Positiva Net, Rádio Tom Social, 2G Conteúdo e Rede Blitz.

O cronograma de palestras ainda contou com Irineu Toledo da Rádio Positiva Net e experiente profissional de rádio que já atuou em grandes emissoras de São Paulo, falando sobre o rádio do futuro e o futuro do rádio, colocando uma abordagem das possibilidades que este grande veículo tem de se tornar ainda mais forte dentro da internet.

Legenda - Irineu Toledo da Rádio Positiva Net recebe placa de homenagem do EPWBR do idealizador do evento Cleber Almeida
Legenda – Irineu Toledo da Rádio Positiva Net recebe placa de homenagem do EPWBR do idealizador do evento Cleber Almeida

Dando sequência, Cleber Almeida CEO/Fundador da NaMosca Produções e idealizador do EPWBR falou sobre os desafios do rádio na internet e quais os possíveis caminhos a percorrer para que o veículo cresça profissionalmente e esteja entre o bolo publicitário. Sendo segundo ele o principal e mais importante ponto a ser trabalhado hoje é o desenvolvimento do gestor de rádio online, como destacou é preciso profissionalizar primeiro a mão de obra, ou seja, especializar pessoas para gerirem profissionalmente a rádio online como empresa, passando por todos os pontos dela, inclusive um bom plano de negócios.

Legenda - Cleber Almeida idealizador do EPWBR - Palestra Os desafios do rádio na internet
Legenda – Cleber Almeida idealizador do EPWBR – Palestra Os desafios do rádio na internet

O evento foi encerrado com uma mesa redonda onde os participantes puderam debater assuntos do meio tirando dúvidas e dando sugestões focadas em desenvolver o rádio em sua nova plataforma, a internet.

Legenda - Alguns dos Participantes, apoiadores e o idealizador do segundo EPWBR 2016
Legenda – Alguns dos Participantes, apoiadores e o idealizador do segundo EPWBR 2016
Palestrante Cleber Almeida

Palestrante Cleber Almeida

palestrante-cleber-almeida-epwbrCleber Almeida é idealizador do EPWBR, produtor audiovisual, publicitário e locutor. Iniciou em web rádio em 2006 e em 2009 criou a Rádio Tom Social, a primeira emissora de rádio online para o terceiro setor. Desde de então vem atuando à frente do crescimento do na rádio na internet.

É também CEO e fundador da NaMosca Produções, empresa voltada para o seguimento audiovisual com expertise em locuções e dublagem para diversos tipos de comunicação.

Tema da palestra: Os desafios do rádio na internet

Palestrante Irineu Toledo

Palestrante Irineu Toledo

Irineu-ToledoIrineu Toledo, radialista desde 1978. Transitou do AM para o FM em 1980,fazendo parte da primeira geração do boom da FM no Brasil, que definiu a linguagem do veículo até hoje. Atuou como locutor na Manchete FM, Radio e TV Cultura, Eldorado FM além de ser um dos locutores comerciais mais requisitados nos últimos 20 anos, com mais de 10 mil jobs entre comerciais de tv, videos, spots. Com uma carreira eclética, transitou pelo jornalismo, produção, direção de radio, produtor independente, propaganda, realização de eventos e conteúdos editoriais, sempre com base na plataforma radio como sustentação. Depois de longa carreira independente, mas não marginal, dentro de emissoras importantes como Nova Brasil FM, Metropolitana FM e Rede Transamérica FM, há 4 anos lançou oficialmente a Radio Positiva. net, onde consolidou seu conteúdo que conta com 20 colunistas na plataforma independente de radio web, baseada em informação relevante, cultura de negócios e música. Prepara-se para o lançamento da TV POSITIVA.NET e mais 5 canais de radio web, sendo um deles somente de notícias relevantes.

Tema da palestra: RADIO DO FUTURO X FUTURO DO RADIO

Os desafios para a consolidação de canais na web com credibilidade e audiência. Palestra provocativa para a formulação de estratégias que viabilizem a sustentação dos canais digitais de forma consistente e profissional. Como avançar rapidamente para ter o reconhecimento de eventuais apoiadores e patrocinadores garantindo investimento em novas ferramentas e diversidade de conteúdo. Como aproveitar a economia do compartilhamento e colaborativa para criar modelos sustentáveis para a nova mídia, que garantam conteúdo confiável, relevante para a audiência, e ao mesmo tempo, ofereça oportunidades e confiança para apoiadores e patrocinadores, que viabilizem sustentação financeiro. Como inovar em modelos comerciais flexíveis e alternativos que sejam condizentes ao alcance de cada canal e os perfis de público alcançados. Como criar uma unidade diante de tanta diversidade de canais para que exista um representação única e confiável de entregas. Uma palestra que não pretende oferecer soluções prontas, mas busca trazer cada produtor para uma narrativa compartilhadas de caminhos estratégicos para o bem de todos.

Palestrante Melissa Vogel – IBOPE media

Palestrante Melissa Vogel – IBOPE media

Melissa VogelMelissa é graduada em rádio e televisão pela Escola de Comunicação e Artes (ECA), da Universidade de São Paulo, pós-graduada pela ESPM em Comunicação com o Mercado e pela Fundação Getúlio Vargas em Administração de Empresas. Ministrou aulas por dois anos como professora do curso de pós-graduação em Inteligência de Mercado na ESPM.

Trabalha no IBOPE há 18 anos, onde atuou por seis anos na área comercial, para os serviços de mídia. Foi gerente de novos negócios para o Grupo IBOPE e, por dois anos e meio, gerente geral da operação IBOPE Media no Panamá. Também gerenciou as áreas operacionais do IBOPE Nielsen Online Brasil (internet), Target Group Index Brasil e Mídia Mix (Rádio e Jornal). Nos últimos três anos ocupou posições na área de marketing, sendo responsável inicialmente pelas soluções de fiscalização e investimento publicitário e, atualmente, é diretora executiva multimídia.

Tema da palestra: ADMIRÁVEL RÁDIO NOVO. O consumo do conteúdo de ÁUDIO em diferentes plataformas digitais.

Palestrante Felipe Cunha – Tunein

Palestrante Felipe Cunha – Tunein

Felipe Cunha - TuneinProfissional de rádio há mais de 16 anos, atuou em locução, produção, gestão e tecnologia da radiodifusão em várias emissoras. Atualmente é o Supervisor da América Latina para o Tunein, fez parte da implantação e da primeira formação de rede via satélite digital de uma emissora brasileira fora do país, fato ocorrido com a Rede Transamérica Internacional no Japão e suas 4 afiliadas em FM e no rádio por assinatura via satélite no MobaHo Japan, passou por afiliadas da Rede Mix FM e Nova Brasil FM. Começou a trabalhar com a tecnologia do rádio, nos Estados Unidos, precisamente na Radiotime (Dallas) que passou a ser controlada pelo Google Ventures e Sequoia Capital mudando a marca para o Tunein (maior plataforma de rádio online em AM, FM e Webradio do mundo, operando em 230 países com mais de 60 milhões de usuários diários e 100 mil emissoras cadastradas).

Palestra

Tecnologia do Rádio Online no Século XXI.

A inovação do veículo rádio e as suas plataformas em diversos ambientes. O impacto do Tunein no rádio online mundial com mais de 250 plataformas de transmissão.